Cidade foi uma das escolhidas para receber investimentos do Ministério do Turismo

 

A cidade de Saquarema foi uma das selecionadas para integrar a rota dos investimentos turísticos do Governo Federal. O anúncio da seleção foi feito pelo Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, no lançamento do Programa “Investe Turismo”.

As cidades que entraram no programa de incentivo ao turismo foram selecionadas pelo Governo Federal em conjunto ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), por serem consideradas rotas turísticas prioritárias no país. A iniciativa visa a ampliação das ações turísticas no Brasil, melhorias nos serviços, atendimento, marketing e movimentação da economia nacional, traçando rotas estratégicas, fortalecendo atrativos, desenvolvendo projetos que ampliem a qualidade do setor, oferta de emprego e geração de renda.

O Programa “Investe Turismo” funcionará por meio de parceria público-privada, com investimento inicial de R$200 milhões. Nesta primeira etapa, 30 rotas foram traçadas no país. Na região Sudeste, formada por 1688 municípios, 31 cidades foram escolhidas e Saquarema ficou entre os integrantes da Rota Costa do Sol.

Um conjunto de ações estão previstas pelo ministério do Turismo e serão planejadas e executadas em parcerias com gestores públicos municipais, empresários, conselhos e diversos setores do segmento turístico, com foco no desenvolvimento de cada região. Durante a fase de avaliação, equipes do programa de incentivo federal vão realizar visitas técnicas para identificar as principais estratégias de inovação e melhorias dos produtos e serviços turísticos nacionais. Entre as ações propostas, estão a ampliação de movimentos criativos em espaços públicos, maior cobertura digital, material informativo sobre empreendimentos e seminários em cada rota contemplada.

“A escolha de Saquarema para o Programa Investe Turismo mostra que todos os nossos investimentos e políticas voltadas ao setor turístico e à promoção da cidade estão no caminho certo. Saquarema está se tornando, dia após dia, um importante destino turístico não só do estado do Rio, mas do Brasil. Tenho a certeza de que com esta nova ferramenta de fomento, nossa cidade viverá um novo momento de crescimento e desenvolvimento, com fortes bases no Turismo”, concluiu a prefeita Manoela Peres.

Dentre os critérios utilizados para seleção das rotas, estão: a participação de municípios incluídos no Mapa Brasileiro do Turismo 2018 e classificados nas categorias A, B, C ou D; ter destinos já promovidos em âmbito nacional pelo Ministério do Turismo e pelo menos um consolidado no mercado internacional; ter patrimônios mundiais da humanidade, eleitos pela Unesco. Também foram considerados aspectos como acesso, conectividade, venda conjunta e existência de projetos de consolidação das rotas como produto turístico.