“Ao infinito e além”. Esta frase do personagem Buzz Lightyear, boneco astronauta do filme Toy Story, representa muito bem a vontade e o entusiasmo de alunos saquaremenses quando o assunto é a NASA, Agência Espacial Norte Americana.

Na cidade, duas equipes estão se destacando no cenário nacional: a B.M.G.l. Brasil Monaco Global Institute, criada pelo estudante Felipe Valeriotte, com atuação entre os alunos das escolas da Rede Municipal de Educação, e a Kalango Brasil, criada por João Pedro Rodrigues e Juan Sanches, com foco em estudantes universitários saquaremenses. As duas equipes representarão Saquarema em competições internacionais da NASA nos próximos meses.

Criada após o Nasa Space Apps Challenge, competição realizada nos Estados Unidos, a equipe B.M.G.I. é comandada pelo estudante Felipe Valeriote e pelo professor Lourival Santos. Por meio da equipe, mais de cem estudantes da rede pública de Ensino de Saquarema, em menos de um mês, já tiveram a oportunidade de ter contato com cientistas, pesquisadores e demais pessoas ligadas à NASA.

Por conta do trabalho que vem realizando nos últimos anos, Valeriotte foi um dos convidados a participar da expansão do supercomputador Santos Dumont, no Laboratório Nacional de Ciência da Computação, em Petrópolis. Durante a cerimônia, que também contou com a participação de cientistas e do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, 44 estudantes de Saquarema puderam participar do evento, marco para a ciência nacional

“Durante a visita ao supercomputador, pude conversar com o ministro Pontes e apresentar nosso projeto. Ele ficou animado com os resultados e teremos boas novidades em breve”, afirmou o estudante Felipe Valeriote

Com foco no ensino superior, a equipe Kalango está se preparando para a competir na NASA em 2020. O grupo, formado por estudantes universitários de Saquarema, foi recebido pelo secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues, na cidade do Rio de Janeiro, que mostrou o interesse do Governo do Estado em financiar os trabalhos e pesquisas para levar a equipe Kalango Saquarema para o NASA Rover Challenger 2020.

No decorrer da reunião, os estudantes puderam apresentar o projeto do novo rover, veículo de pesquisas e exploração que é utilizado pela NASA em missões espaciais. A ideia da equipe Kalango é criar um veículo funcional, de excelente desempenho em uso (agilidade, mobilidade e adaptabilidade) e com custo de produção e manutenção baixo, para conquistar o primeiro lugar na competição.

“Estamos empolgados com a recepção e confiantes para levar o nome de Saquarema, mais uma vez, para a NASA. Temos grandes expectativas para 2020. Muitos moradores estão nos apoiando e essa força é fundamental para o nosso sucesso. Avante Saquarema!”, disse o coach da equipe Kalango, Pedro Junior.

A equipe Kalango é um projeto da startup Nativo Brasil, criada pelos próprios estudantes para fomentar o incentivo de novos projetos e inventos entre jovens. A ideia da Nativo Brasil é também “abrasileirar”, na qual os projetos que são atrelados à startup estão ligados a nomes de espécies nativas ou ligadas ao ecossistema brasileiro. Daí o nome da equipe: Kalango Brasil.

“Estou orgulhosa em poder dizer que Saquarema possui duas equipes em competições e torneios da NASA. Sei da importância que isso tem e como a Educação transforma vidas. Desejo sucesso a todos os alunos envolvidos e que eles possam continuar a levar o nome de Saquarema por diversos países e culturas. Vamos transformar Saquarema em um celeiro de jovens cientistas!”, comemorou a Prefeita Manoela Peres.