Já estão em fase final as obras de construção do novo Hospital Municipal de Saquarema, integrante da “Cidade da Saúde”, localizada no bairro Verde Vale, que será o maior complexo hospitalar do interior do Rio de Janeiro com 40 mil m² de área construída. O Hospital Municipal terá capacidade para 100 leitos de enfermaria e de terapia intensiva, centros cirúrgicos, emergências, ambulatórios, UTIs adulto e pediátrica, entre outros ambientes. A inauguração está prevista para os próximos meses e a Prefeitura já vem preparando o esboço do edital para aquisição dos equipamentos necessários ao pleno funcionamento da nova unidade.

A “Cidade da Saúde” também abrigará as clínicas da Mulher, da Criança, do Idoso e Cardiovascular, os centros de Imagem, Reabilitação, Odontológico, Oncológico e de Hemodiálise, além de uma nova Creche.

Prioridade para a saúde

Para garantir à população maior acesso e qualidade, a Prefeitura segue investindo no atendimento primário, reformando e inaugurando novos Postos de Saúde por toda a cidade. As unidades de Estratégias de Saúde da Família visam a Atenção Básica e atuam com o conceito de prevenção, sendo a porta de entrada para o sistema público de saúde. As unidades oferecem amplas salas, novos equipamentos para atendimento ao paciente, mais conforto, novas especialidades médicas, coletas para exames laboratoriais, vacinas e acompanhamentos para diabéticos, hipertensos, gestantes e recém-nascidos.

Outro ponto importante na atenção básica é o programa Remédio em Casa. O programa consiste na distribuição e entrega em domicílio de remédios aos pacientes crônicos diagnosticados com Diabetes ou Hipertensão e que são atendidos em todas as unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) no município. O programa, atualmente, atende mais de 6 mil pessoas.

Enquanto o novo complexo de saúde não é ativado, as diversas clínicas e centros de atendimento especializado já estão em funcionamento em vários locais, buscando oferecer um serviço rápido e de qualidade à população.
Desde a inauguração em 2017, a Clínica da Mulher, no bairro Porto da Roça, por exemplo, já realizou mais de 100 mil atendimentos no município, oferecendo exames e consultas com diversas especialidades médicas para o acompanhamento das mulheres que necessitam de atendimento. Dentre eles, são feitos exames ginecológicos, mamografias, atendimentos de obstetrícia, ultrassons, preventivos, vacinas, exames de sangue, consultas dermatológicas, mastológicas e nutricionais. Após a inauguração, a fila de mamografia foi zerada no município.

A Odontoclínica, por sua vez, ampliou a cobertura de saúde bucal no município. A Clínica Odontológica Municipal Dr. Drude, que também funciona no Porto da Roça, possui quatro consultórios e está equipada para atendimentos clínicos, de emergência, a gestantes e pediátrico, além de serviços de periodontia.

Outra Clínica bastante popular entre os saquaremenses é a Clínica de Olhos Dr. Serodio. Instalada em Bacaxá, a unidade foi concebida para cumprir a demanda reprimida do tratamento oftalmológico, além de ampliar a cobertura de saúde no município, a unidade conta com consultórios, centro cirúrgico, salas de exames e recepção. Desde a inauguração, a clínica já fez mais de 2 mil cirurgias e 10 mil consultas e atendimentos, devolvendo a qualidade de vida aos moradores que esperavam até três anos para receber algum tipo de tratamento oftalmológico.

Criado com o objetivo de auxiliar no cuidado das pessoas com algum tipo de deficiência física e intelectual, o Centro de Reabilitação Professora Dilma Coutinho, no Gravatá, oferece serviços que buscam desenvolver ou ampliar a capacidade funcional e desempenho dos indivíduos, tendo como objetivo desenvolver potencialidades, talentos, habilidades e aptidões físicas, cognitivas, sensoriais, psicossociais, atitudinais, profissionais e artísticas que contribuam para a conquista da autonomia e participação social em igualdade de condições e oportunidades com as demais pessoas.

Atualmente, o centro oferece atendimento para aproximadamente 350 pacientes, com uma equipe multidisciplinar composta por médicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas, dentre outros profissionais. Com a inauguração do novo Centro de Reabilitação, na Cidade da Saúde, esse número será ampliado, beneficiando muitos outros moradores da cidade.