O Governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, esteve nesta terça-feira, 24, em Saquarema para realizar a entrega do certificado referente à divisão dos valores de outorga da licitação da CEDAE (Companhia Estadual de Água e Esgoto). O chefe do Executivo Fluminense foi recebido pela Prefeita Manoela Peres e pela Presidente da Câmara de Vereadores, Adriana de Vander. Durante o evento o governador falou sobre a alegria de estar em Saquarema e a importância do leilão de privatização dos serviços da CEDAE no estado.

Realizado em 30 de abril de 2021, o leilão da CEDAE arrecadou  arrecadou R$ 22,6 bilhões, com a venda de três dos quatro blocos ofertados. Esse valor superou a expectativa de arrecadação inicial, que era de R$ 10,6 bilhões, em 114%. Saquarema faz parte do Bloco 1, que contém outros 17 municípios do estado e 18 bairros da cidade do Rio de Janeiro.

A empresa vencedora do leilão, denominada concessionária Águas do Rio, tem um prazo de 35 anos de concessão. A concessionária promete um investimento total de R$ 24,4 bilhões nos dois blocos arrematados, sendo R$ 7,2 bilhões nos primeiros cinco anos. Apenas os serviços de distribuição de água e esgotamento sanitário serão concedidos.

Em Saquarema, a nova empresa ficará responsável pela distribuição de água potável e captação/tratamento de esgotos de todo o distrito de Sampaio Corrêa, que contempla bairros como Basiléa, Sampaio Corrêa, Jaconé e a Serra. Atualmente, a Prefeitura é a responsável pelo abastecimento na área central de Sampaio Corrêa. Já a região de Jaconé estava sob responsabilidade da CEDAE. Já o tratamento de esgoto é feito por meio do sistema “fossa-filtro-sumidouro”.

“Água é um direito básico de todo cidadão. É um bem tão precioso e de grande importância para a nossa vida. Poder levar água potável a todas as residências (e, também, coletar e tratar o esgoto de forma correta) era um sonho nosso enquanto gestora municipal. Além da melhoria de vida, teremos um importante avanço na questão ambiental, com a correta captação e o tratamento adequado de esgoto”, informou a Prefeita Manoela Peres.

“Nosso estado recuperou uma palavra que havia sido esquecida por muito tempo, que é credibilidade. A prova de que retomamos essa confiança é o leilão da CEDAE e o recurso proveniente dele”, afirmou o Governador Cláudio Castro.

Pelo leilão da CEDAE, o município de Saquarema receberá pouco mais de 11 milhões de reais que poderão ser investidos em qualquer área.  “Cada prefeito e estado gastam como quiserem. Não há destinação prevista, é um dinheiro livre”, disse o governador.

“Vamos investir esse valor de forma responsável e transparente, como sempre fizemos com o dinheiro público”, completou a Prefeita Manoela.

O valor será repassado ao município em três parcelas: a primeira, em 2021; a segunda no ano que vem e a terceira, em 2025.

“Todo nosso esforço está direcionado para recolocar o Rio de Janeiro no caminho do desenvolvimento e o povo de Saquarema pode contar comigo e com o governo do estado”, concluiu o governador Cláudio Castro.